sexta-feira, 2 de março de 2012

[Resenha] Cressida Cowell - Como Treinar O Seu Dragão

Como Treinar O Seu Dragão
Sinopse: O livro conta a a tumultuada jornada de Soluço Spantosicus Strondus III; a Grande Esperança e o Herdeiro da Tribo dos Hooligans Cabeludos, em sua iniciação como um legítimo guerreiro viking: junto com os outros garotos da tribo, ele precisa domesticar e treinar o dragão mais feroz e assustador que for capaz de capturar. Em vez disso, Soluço acaba com o menor dragão que já se viu - e, para piorar, o animal é teimoso, impossível de ser adestrado e completamente banguela. Começa aí a aventura do mais encantador e improvável dos heróis e de seu dragão muito mal-educado.


Resenhar um livro infanto-juvenil é uma tarefa complicada, mas estou disposto a trazer mais e mais leitores para essa obra tão única. 
Depois de leituras carregadas de significâncias e enredos conturbados, é comum procurarmos algo fácil e tranquilo para ler e escolhi tal livro por essa mesma razão. Cressida Cowell abordou temas corriqueiros sob um olhar tão gostoso de se acompanhar que não é difícil se tornar fã das aventuras de Soluço e seu Dragão Banguela.
- Se por acaso alguém despertar o dragão, e é preciso ser ABSURDAMENTE IDIOTA para fazer isso, corram a toda velocidade para a entrada da caverna. Os dragões não gostam de frio, e a neve provavelmente os impedirá de seguir seus rastros.
 "Provavelmente?", pensou Soluço. "Ah, claro, isso é animador."
Quando assisti ao filme homônimo - e baseado na obra -, apaixonei-me pelos personagens, pela história e por essa nova versão dos vikings do quais tanto ouvimos falar. Somente após isso descobri da existência da série de livros e aproveitei os descontos progressivos na Bienal para adquirir o primeiro volume; e agora posso dizer: valeu cada centavo. A narrativa é tão branda e consistente que te guia para os lugares mais incogitáveis sem obrigações.

Os personagens são bem caricatos e fáceis de se gostar, conquistam pouco a pouco, surtindo os mais variados sentimentos no leitor. O enredo, apesar de sem complicações como algo infanto-juvenil deve ser, abrange muitas possibilidades e cativa por isso, por sua irreverência, pelo seu
timing e pela inteligência da autora ao aplicar determinadas situações nos momentos oportunos. Novamente, o caráter do livro trai a potência desta análise. Entretanto, como o Robledo mesmo me lembrou; não se dá para esperar uma resenha cheia de maturidade de um livro infantil, então não irei me cobrar muito por isso.
- [...] Ninguém vai falar comigo por ANOS depois do que aconteceu... Só você, é claro, Soluço, mas acontece que você é tão esquisito quanto eu...
- Obrigado [...]
Até a pouco explorada e bastante interessante cultura nórdica tem o seu lugar nas páginas,  em citações a Odin e Thor - e a importância deles no cotidiano dos personagens. A existência de uma intensa interatividade, desde os desenhos que parecem feitos à mão que retratam as cenas que lemos, trechos de livros e panfletos que estão dentro da história, até manchas e rabiscos aleatórios; contribui para o leitor se afeiçoar não só ao que é contado, porém também ao físico, ao livro como um objeto de valor. É um trabalho muitíssimo bem concluído, que atrai o público mais jovem e enriquece a experiência da leitura.

O humor é muito bem colocado, e as ilustrações complementam a graça do todo. Soluço consegue ser um protagonista encantador e adorável, tão humano e real que impressiona a primeira vista, e todo o drama de "não sei ser um herói" revela ter fundamento. Se você viu o filme, não se preocupe, as histórias são simultânea e assombrosamente diferentes e aproveitáveis. A diagramação externa remete a um livro antigo em todos os aspectos - o que se reforça na parte interna - e o envernizado no título, nome do autor e no dragão foram bem aplicados e oferecem toda uma noção de um acabamento competente.

"Como Treinar O Seu Dragão" cumpre sua função e confirma  que 
 uma obra infantil pode sim ter elementos da fantasia e ficção sem se privar da sua ingenuidade. Querer aproveitar uma narrativa mais leve acabou por proporcionou mais um conto que farei questão que meus filhos tomem conhecimento. Uma leitura rápida e suave que prende e entretém, indispensável para quem está procurando um passatempo fluente que não custe muito o seu tempo, nem cobre muito da sua mente.
É mais fácil ser corajoso quando você não tem alternativas.
Título: Como Treinar o Seu Dragão.
Autor: Cressida Cowell.
Editora: Intrínseca.
Número de páginas: 221.
Avaliação: 5 de 5.

7 comentários:

  1. Olá Caíque,
    Também aproveitei a promoção desse livro, no meu caso através do Submarino e acho que em breve o pego pra ler! Sempre leio resenhas positivas a respeito e estou curiosa em relação a história, até porque não vi os filmes como a maioria! Concordo com você, visualmente falando ele já é lindo em si, desde a capa até as ilustrações e é uma leitura que pretendo compartilhar com os meus filhos futuramente. Acabei comprando toda a série, só não tenho o mais novo, que se não me engano estava como lançamento no Submarino uns dias atrás! Com esse empurrãozinho e levando em consideração que é um livro tão rápido de se ler, acho que irei retirá-lo da estante esse mês!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Estou loca para ler essa série, mas por conta do grande número de livros que estou lendo e das atividades que estou tendo ao longo de 2012 que só poderei fazer isso acho que no ano que vem.

    ResponderExcluir
  3. Caíque,

    Difícil mesmo é negar o enorme fascínio e ternura que os livros infantis provocam em nós, leitores assíduos. Acho que são a essência da formação de nossos conhecimentos literários e devo muito ao gênero, que tem ótimos representantes atualmente, como notavelmente "Como Treinar o Seu Dragão" o é. Não apenas quero ler o livro, mas também assistir ao filme e espero logo ter a possibilidade :)

    Um beijo!
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Bom, desculpa estar mandando este comentário, mas é que com esta mudança do GFC, acabou sumindo meu gadget antigo e gostaria muito que você me seguisse novamente para não perdermos os contato, o que acha? (:

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    http://www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir
  5. Eu quero lê esse livro e a serie. Adorei a capa e as resenhas que li do livro. Quero mesmo adquirir o livro e viajar pelas páginas.

    =)

    ResponderExcluir
  6. Eu quero esse livro. Já tinha lido muitas resenhas e me apaixonei pela serie mesmo sem lê nenhum livro. Adorei a sua resenha e espero um dia lê a serie.

    ResponderExcluir
  7. Quando eu vi o filme, assim como você, logo me apaixonei pelos personagens, é muito divertido e muito bem construído. Eu já vi esse livro em uma das prateleiras da minha escola, vou ver se pego ele qualquer dia desses, haha!
    Muito boa sua resenha, Caíque.
    Abraços.

    http://assistacomigo.wordpress.com

    ResponderExcluir

A sua opinião é mais do que bem-vinda aqui no blog. O único pedido é que você seja cortês ao expressá-la, evitando o uso de termos ofensivos e preconceituosos. Assim, todos poderemos manter uma discussão saudável e bastante proveitosa. Obrigado!